Etapas para criar um branding completo em 2 semanas

Como vocês sabem, eu moro há muitos anos fora do Brasil. Foram 6 anos e meio em Houston, quase 3 em Dubai, voltei para o Rio achando que ia ficar por lá, agora estou há 1 e meio aqui em Buenos Aires e já de malas prontas para um próximo continente em agosto.

Ainda bem que achei um modus operadi de trabalhar, porque com essa vida nômade que levo, seria quase impossível um emprego formal em cada lugar que moro.

Uma das coisa que sempre fiz nesses anos todos foi ler e pesquisar o mercado :
- os estilos que me agradavam,
- a forma de trabalhar,
- o que eu achava que daria para implementar junto ao meu público no Brasil,
- o que (culturalmente) seria difícil

A partir daí, cheguei a conclusão que uma coisa que eu nunca tinha visto no Brasil era um prazo enxuto para desenvolver branding para pequenos negócios.

blog_etapas apra criar um branding em 2 semanas.jpg

Qualquer projeto de criação que não envolvesse uma grande agência, e um budget de muitos dígitos, demorava uma vida para ser finalizado.


Estava aí o meu diferencial em relação aos meus concorrentes: branding em 2 semanas. 


01 | reunião inicial

Como moro longe dos meus clientes, resolvi meu problema com reuniões via Skype, WhatsApp ou FaceTime. Assim, nos conhecemos, fazemos um olho no olho e não ficamos apenas com a frieza dos emails. E vamos combinar que, com a vida corrida de hoje em dia, não tem a menor necessidade de perder o tempo de ambas as partes para sair de casa, pegar trânsito, estacionar para chegar a mesma solução que um monitor (ou um smartphone) e a internet proporcionam com muito mais comodidade e rapidez.

Além do que, reuniões via internet me permitem atender qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo. Não preciso ficar presa a apenas uma cidade.

02 | inspirational board

Depois desse bate papo inicial, eu envio uma ficha de briefing para entender o que o cliente espera, conhecer um pouco mais da empresa ou do serviço oferecido e a partir daí começo a desenvolver um inspirational board, que é um painel de inspiração, onde coleto imagens que tenham a ver com o negócio em questão e com o conceito que queremos alcançar.

Essas imagens juntas, dão o tom da marca e definem a paleta de cor. 

03 | marca

Depois que a paleta de cor está aprovada é hora da inspiração, digo, transpiração.

Isso mesmo, transpiração, Muito se engana quem pensa que nós designares ficamos sentados embaixo de uma árvore esperando a maçã cair e a ideia aparecer.

Na-na-ni-na-não! São muitos sketches, rabiscos, pesquisas, risca, rabisca, apaga, digitaliza, retraça, deleta, troca, inverte, espelha, encaixa, sublinha, combina, aumenta, diminui, testa até chegarmos as opções escolhidas.

E eu entrego três conceitos diferentes para os meus clientes. Já imaginou?

Depois que uma das opções está escolhida, eu faço os ajustes necessários e a marca está aprovada.

04 | branding board

Com isso, já posso desenvolver o branding board, onde coloco em um mesmo lugar a marca oficial, marca de apoio, símbolo, paleta de cores, tipografia institucional, ícones e patterns e, com isso, já posso desenvolver as três aplicações que estão incluídas no pacote de branding.

05 | aplicações

Com as primeiras etapas aprovadas, está na hora de ver o branding aplicado de maneira concreta através das aplicações escolhidas. Cada pacote estão incluídas 3 aplicações de papelaria a escolha do cliente. Ou podemos desenvolver um website também para compor ainda melhor sua imagem.


Para que eu possa manter meu prazo de 2 semanas, para cada etapa listada acima, o cliente tem um dia para responder. E, é claro, que só consigo manter esse prazo enxuto se o cliente embarcar na minha e for rápido nesses retornos.

Se ele demorar, ou precisar de mais tempo para definir algum ponto, não tem problema nenhum, mas nesse caso eu não consigo (ainda!) fazer milagre ; )

Eu sempre caminho lado a lado com meus clientes. As vezes mostrando um caminho novo, as vezes seguindo uma linha idealizada por eles, as vezes discordando desse caminho mas no final sempre chegarmos ao final feliz.