Como contratar uma designer para pequenos serviços

Deixa eu adivinhar:
- você tem um pequeno negócio e não tem muito dinheiro para investir em design gráfico
- você já tem uma marca que ama mas na época não conseguiu fazer as aplicações e agora anda com um cartão de visitas feioso que não tem nada a ver com você ou seu negócio
- você precisa arrumar sua tabela de preços para enviar via email/whatsapp para seus clientes
- você tem um negócio ótimo na sua cabeça mas precisa de uma apresentação em power point profissional para poder vender melhor sua ideia para seus clientes

Se identificou?

como contratar uma designer

Há algum tempo venho pensando nisso porque a demanda para pequenos serviços aqui no studio tem aumentado bastante.

Esses exemplos acima mostram bem o tipo de solicitação que recebo no meu dia a dia e, além deles:
- apresentação em power point para uma feira vender seus stands para um patrocinador,
- hotsite (site com curta duração) para festas, casamentos e eventos com informações gerais
- folder/lâmina para vender determinado serviço
- organização de feed para Instagram (não faço posts, apenas organizo o feed)
- desenvolvimento de tabela de preço ou cardápio em excel para ser atualizado facilmente


Enfim, todo tipo de serviço de design gráfico que você e seu negócio precisam no dia a dia de trabalho.


Então, a partir de agora, se você já tem seu negócio mas precisa de uma ajuda profissional para pequenas peças e projetos gráficos, entre em contato comigo para conversarmos e vermos como posso te ajudar.

Apesar de eu continuar especializada em identidade visual e website, tem gente que já tem uma marca linda e que apenas precisa de uma embalagem, um pattern, ou uma aplicação específica.


Eu posso te ajudar com essas criações avulsas que você tanto precisa.


Sem reuniões presenciais, que fazem você perder um tempo desnecessário com deslocamento e trânsito.

Tudo feito online pelo celular ou computador.

Reunião inicial, orçamento, desenvolvimento, finalização e entrega dos trabalhos. Tudo ágil e fácil.

Branding: o que está incluído no meu processo de trabalho

A marca é como uma pessoa. Cada um tem seu caráter, personalidade, jeito de ser.

Seu negócio tem uma missão única com um público alvo específico para ele.

Então, sua marca deveria claramente chamar a atenção desse cliente em potencial numa primeira olhada, como uma amor a primeira vista.

Sua identidade visual deve ser uma em um milhão porque você e sua empresa são únicos.

E isso faz meu trabalho como designer tão bom. Eu amo o desafio de criar uma marca completamente diferente para cliente, levando em consideração seus desejos, característica e objetivos

Eu quero ajudar você a criar uma maravilhosa primeira impressão, junto à sua audiência através de uma linda programação visual coesa e profissional.

branding processo de trabalho.jpg

1 | Reunião inicial

Primeiro a gente vai se conhecer virtualmente. Eu moro em Singapura e você, provavelmente, no Brasil.

Agendaremos uma reunião via Skype ou FaceTime e conversaremos sobre seu projeto, objetivos, público que quer alcançar, entre outros assuntos.

2 | Hora de reservar seu lugar

Uma vez que você faça o depósito inicial, você terá que preencher uma ficha de briefing que é um questionário para você colocar no papel várias informações, objetivos e missão da sua empresa.


Afinal, você é profunda conhecedora do seu negócio e este é o momento de me contar tudo.


3 | Ready, set, go!

Foi dada a largada, agora a diversão é comigo.

Eu vou me dedicar para começar a desenvolver sua marca através do primeiro item do meu processo de criação: o inspirational board, onde determino a sua paleta de cores. Veja alguns exemplos abaixo:

Depois dessa fase inicial é hora de colocar a cabeça para transpirar e o coração para bater forte e desenvolver três conceitos para o cliente bater o martelo no seu favorito.

E por último, mas não menos importante, após a definição da marca, eu desenvolvo o branding board completo e três aplicações à sua escolha.


E aí, ficou com alguma dúvida?
Veja mais opções no nosso portfolio para você se inspirar.

Quer ver o seu negócio com uma identidade visual profissional?
Ou entre em contato comigo diretamente para conversarmos sobre a sua nova fase

Quanto custa manter meu studio funcionando

Muita gente me pergunta:
- que tipo de programa e apps eu uso?
- se esses programas são pagos ou não?
- se são pagos, quanto custam?
- qual é o meu computador?
- onde consigo minhas imagens?
- etc etc.

Hoje vou escrever tudo que uso para fazer as minhas criações e tocar meu business.

quanto custa manter meu studio

Bom, você sabe que eu atualmente moro em Singapura (e antes disso em Buenos Aires, e antes disso em Dubai e antes disso em Houston…) então, por motivos óbvios, meu negócio é 100% online.

Não tenho reuniões presenciais (tudo é conversado por email, WhatsApp, FaceTime ou Skype), não pago aluguel para um espaço (trabalho num home office), não gasto dinheiro com deslocamentos pela cidade e nada do gênero.

Massss….tenho alguns custos fixos e alguns programas gratuitos que me ajudam a mater meu negócio funcionando dia após dia.


1 | Website

O Squarespace como vocês sabem é a plataforma que eu trabalho e que tenho meu site hospedado lá. E, para isso, pago uma anuidade para ele funcionar 100%.

Ele tem diferentes valores de acordo com o número de páginas, se sua página é de negócios ou pessoal, se tem ecommerce… cada categoria tem um valor.

Você pode pagar mês a mês ou por ano com desconto. Seguem os valores do Squarespace:

 
Valores para website

Valores para website

 
 
Valores para lojas online

Valores para lojas online

 

2 | Domínio

Você pode comprar seu domínio em vários lugares. Pode escolher se quer .com, .net, .org, .com.br e uma infinidade de outras terminações.

Normalmente um domínio normal custa a partir de USD 10.00 por ano. Eu comprei o meu no próprio Squarespace. É um pouco mais caro (a partir de USD 20.00) mas eu não tenho que ficar me preocupando com renovações em diversos lugares.

Mas isso é super pessoal. Eu achei melhor manter tudo num lugar só.


3 | Imagens

Essa é uma pergunta super corriqueira por aqui: “onde arrumo essas imagens lindas para as mídias sociais, para meus posts, para o portfolio etc.”

Eu não “arrumo”, eu compro.

Na verdade eu tenho um membership da Kate Max e uso as imagens dela para dar o tom delicado e feminino que queria no meu branding.

Mas se você não quiser fazer esse investimento, pode conseguir algumas imagens profissionais de graça nessa lista que disponibilizei aqui.

membership Kate Max

membership Kate Max

Além desse, existem diversos sites de banco de imagens que você pode comprar imagem por imagem (quando precisar) ou fazer uma anuidade. Depende de quantas imagens você usa no seu dia a dia.

No meu caso, eu utilizo para compor minha imagem no site, no blog e nas redes sociais. Então seria muito mais caro e trabalhoso pagar uma a uma. Por isso fiz a anuidade e sempre que preciso, entro no site, faço o download e uso como achar melhor.


4 | Softwares

Antigamente a gente comprava um cd que vinha com o programa que precisávamos. Então você saía, andava até uma loja (ou comprava online) e recebia uma caixinha com um cd contendo seu programa. Você usava esse programa até ficar desatualizado, daí você ia e comprava uma versão mais moderna. Certo?

Na-na-ni-na-não.

Agora você paga uma espécie de “aluguel” para ter direito a usar os softwares. Então eu hoje faço uso de dois programas da Adobe: Illustrator e Photoshop (valores abaixo em dólar).

 
adobe.png
 

Se você faz uso do pacote office (excel, word e power point), hoje em dia também tem essa mensalidade para você ter sempre a última versão na sua máquina.

Mas como eu uso pouquíssimo esses programas, fiquei com os meus antigos mesmo.


5 | Mailchimp

Finalmente uma boa notícia!

Esse é um programa gratuito para você organizar seu mailing list e enviar emails para sua lista. Ele é super fácil de ser usado e, se você tem um site em Squarespace, ele tem conexão direta com ele. Isso é, você pode cadastrar seus clientes do site direto no Mailchimp e fazer suas campanhas de lá sem ter que ficar copiando listas.

 
 

Enfim, é esse o meu behind the scenes. Se você quiser saber mais alguma informação do meu dia a dia, me envie um email ou escreva nos comentários abaixo.

Te espero.
Cris

Mudança à vista. De novo.

Para os que já leram sobre mim, sabem que sou igual a uma caixeira viajante e estou sempre mudando de país.

Saí do Rio em 2005, fiquei 6 anos e meio em Houston, depois passei uma temporada de quase três anos em Dubai, voltei para o Rio, achei que iria ficar de vez, ledo engano...me mudei para Buenos Aires onde estou há um ano e meio e já me encontro de malas prontas para meu próximo destino. UFA!

mudança a vista

Sempre trabalhei fora quando morava no Rio. Trabalhei em escritórios de design, em agências de publicidade e até na TV Globo. Quando meu marido foi transferido para Houston, tive que sair do meu emprego, tinha uma filha de 2 meses para cuidar e não tinha nem visto de trabalho por lá. Mas lá fui eu!

Durante essa temporada em Houston, tive outra filha e quando ela já estava entrando no daycare, eu senti muita vontade de voltar a trabalhar. Foi então que comecei a pensar num modelo de negócios que pudesse ser feito online.

As festinhas personalizadas estavam começando por lá e eu montei uma empresa com uma amiga para oferecer esse tipo de serviço para o Brasil. Menina, nunca trabalhei tanto na minha vida!

Eram dezenas de festas por mês, com desenvolvimento de ilustrações exclusivas, produção e envio dos EUA para o Brasil. Com o tempo, para otimizar a entrega, paramos de fazer a produção fora e contratamos uma pessoa no Rio para cuidar disso. E o trabalho só aumentava.

Os anos se passaram e muita gente no Brasil começou a oferecer esses tipo de produto e a essa altura eu já estava em Dubai, minha sócia nos EUA e nosso mercado consumidor no Brasil. Pode imaginar a confusão de fuso horário. Empresa globalizada.


Quando voltei ao Rio, desisti das festas e repensei minha carreira novamente.


Foram muitos anos fora, vendo mulheres empreendedoras (como eu) que tiveram que largar suas carreiras (como eu) para seguir seus marido (como eu) ou apenas porque cansaram da carreira corporativa, de ficar o dia todo fora de casa e resolveram priorizar um sonho profissional. Ou ainda aquelas que optaram em ficar com seus filhos e vê-los crescer de perto.  


Foi aí que resolvi montar o Al Mass Design. Um home office especializado em identidade visual e website para pequenos negócios. 


São tantas fotógrafas, personal trainers, arquitetas, chefs...fora pessoas que criaram serviços diferenciados, feiras de bem-estar, ou ainda aquelas que desenvolvem comidas orgânicas e naturais, bistrôs, restaurantes, cafés and go on

Quando me organizei para recomeçar a trabalhar com o Al Mass, meu marido foi transferido de novo e cá estou eu em Buenos Aires desde o início de 2017.

Reuniões via Skype, emails, mensagens via whatsapp e eu sigo trabalhando e ajudando a criar a imagem de vários negócios, produtos e serviços. Feliz!

Masssss, quando tudo estava calmo, clientes aparecendo, crianças na escola, perto do Rio, vida regrada, meu marido aceitou uma posição para trabalhar em Singapura! 

foto by Mike Enerio / Unsplash

foto by Mike Enerio / Unsplash

foto by Lee Aik Soon / Unsplash

foto by Lee Aik Soon / Unsplash

E lá vou eu novamente! 

Estou escrevendo para avisar que semana que vem estarei fora do ar (de 9 a 13 de julho) porque terei que cuidar da mudança. Depois vou passar uns dias no Rio (trabalhando) para matar as saudades do açaí, matte limão, biscoito Globo e família (não necessariamente nessa ordem) e parto inicio de agosto para Singa.

Então, é só o tempo de contratar provedor de internet, acertar as 11 horas de fuso e já estarei a postos, trabalhando novamente.

Se quiser falar conversar nesse período, entre em contato comigo que eu responderei assim que possível. Até já!