10 erros que você não pode cometer no seu blog

A palavra "blogueiro" pode até parecer pejorativa para algumas pessoas, principalmente para quem é de uma geração mais velha. Mas hoje em dia o "ser blogueiro" virou uma fonte de renda (e renda alta) para muitas pessoas. Você pode ser blogueira fitness, de alimentação saudável, de moda, de viagens, de restaurantes, de consultoria and so on.

Qualquer pessoa que queira seguir esse caminho deve se preocupar em não cometer importantes erros muito frequentes que encontramos por aí. Vamos lá?

blog_10-erros-blog.png

1 | Se eu fizer um blog, todos irão ler

Sorry, honey, mas isso não é verdade. Pelo menos não tão fácil assim. É o mesmo que você abrir uma loja, dentro de uma galeria enorme e não colocar letreiro, não enviar emails, não divulgar... Por melhor que seja seu produto, ninguém sabe que ele está ali, então como irão visitar você?

O mesmo vale para seu blog. Ache seus leitores/clientes onde eles estão e mostre seu letreiro! Use os meios de comunicação que estão disponíveis para você (Instagram. Facebook, Twitter, Pinterest, youtube...) e não deixe ninguém de fora. Esse é um dos poucos casos onde o mais é mais.

2 | Não fazer um mailing list desde o primeiro dia

Tudo bem, o seu visitante foi na sua página e adorou seu conteúdo. Como fazer para ele voltar? São tantos blogs, sites, postagens que temos no dia a dia que fica difícil lembrar o conteúdo de quem gostamos para voltar lá de novo.


Se você não se fizer presente, lembrado, querido, desejado, fica difícil ganhar dinheiro.


Eu sei, eu sei, as mídias sociais fazem esse papel. Mas e se o algorítimo do Instagram mudar como mudou o do Facebook? E se aparecer uma nova mídia social transformando tudo que vê pela frente e o Instagram acabar (como foi o caso do Orkut há alguns anos) ? Como dizem os americanos you should not leave all your eggs in just one basket (você não deve deixar todos os seus ovos numa única cesta). Porque se essa cesta cair no chão, você ficará com nada.

Por mais que todos pensem que o email está acabando, ele não está. É extremamente importante começar a fazer o seu mailing list hoje. Você até pode começar a escrever seu blog sobre viagens ou sobre alimentação saudável, mas, e se o seu blog crescer?

E se você resolver criar uma linha de alimentos saudáveis e quiser vender para quem te segue? E se você quiser disponibilizar um curso online? E se quiser divulgar um produto novo para seu público?

Como irá divulgar para seus fieis seguidores de uma maneira direta? 

Já falei aqui que as mídias sociais são para divulgação, não devem ser usadas como única fonte de explicação do seu serviço ou do seu produto. Para isso você deve enviar um email, personalizado para seus público alvo criando uma comunidade fiel e ávida a comprar o que você divulgar.

Lembre-se: o seu mailing list é seu. O mundo pode acabar, o Facebook pode mudar, o Instagram pode implodir e ainda assim você terá acesso aos seus seguidores.

3 | Blogs sem fotos ou com fotos ruins

Peloamor! Não tem nada pior que uma pessoa divulgar um produto feito de maneira amadora (falei sobre isso aqui). Você sempre pode contratar um fotógrafo (pelo menos para as fotos institucionais), ou pagar um membership de alguns bancos de imagem (algo em torno de 25 USD/mês) ou ainda usar bancos de imagem de graça disponíveis na web.

Se você gostou desse último item (de graça), eu separei alguns sites para você conhecer. 

4 | Não usar sua personalidade ao escrever

O que faz você gostar de uma blogueira e não gostar de outra? Estilo? Tom? Conteúdo? Tudo importa. Eu gosto de escrever como falo. Quem me conhece sabe que sou falante e adoro um bom papo (tenho uma certa dificuldade de manter s reuniões via Skype no tempo que eu mesma estipulo).

Gosto de escrever meus posts com o mesmo tom e as mesmas brincadeiras que faço quando falo. Isso torna a leitura um grande bate papo com amigos.


Me sinto super próxima de todos e gosto de pensar que a recíproca é verdadeira. Alguém?


Além do que é muitíssimo mais fácil escrever assim. Demoraria o dobro ou triplo do tempo para escrever algo um pouco mais rebuscado e sério. Não sou assim. E as pessoas percebem que é genuíno o meu jeito de escrever, tendem a se identificar comigo e voltar para mais uma visita (ou será conversa?).

5 |  Usar um design sem qualidade ou com pouca legibilidade

Tudo bem, eu sou super suspeita para falar isso, mas o que leva uma pessoa a escolher fundos estampados ou cores fortes para seu blog. A maioria dos blogs de graça (blogger, por exemplo) vc pode customizar cabeçalho, fundo, fonte, cores etc. Por favor, keep it simple (mantenham simples).

Não tem nada pior que falta de legibilidade e design ruim para um blog ou site. Ainda mais se você tem alguma intensão de ganhar dinheiro com isso. Se a sua imagem é ruim, o que faz você pensar que alguém vai querer comprar algo de você?

Se você está pensando em fazer um blog ou um site profissional para ter rendimentos com ele, eu posso te ajudar.

6 |  Não ter frequência de postagens

Você escreve hoje um post perfeito: fotos lindas, texto brilhante, chamadas para ações etc. Como retorno, recebe vários comentários, emails, likes e você adora. Aí se passam semanas até que você escreva de novo. Depois você viaja e esqueceu de postar outra vez. Quando se preparava para escrever, pega uma gripe e não tem forças para nada. Assim fica difícil conquistar sua comunidade...

É importante ter constância nas suas publicações. É melhor escrever um post ótimo por semana do que qualquer coisa todo dia. Mas você precisa de rítmo.


Seus leitores, uma vez que sejam fidelizados, irão esperar por seus posts. Não os decepcione. 


A maioria das postagens pode ser programada. Isso é, você pode escrever várias matérias e soltar uma por semana, durante uma viagem, por exemplo. O que você não pode é desaparecer.

7 | Não deixar seu conteúdo ser compartilhado

O Squarespace (plataforma que uso para desenvolver sites e blogs) tem um sistema que no final de cada post você pode compartilhar em todas as mídias sociais que quiser. Suas fotos podem ir diretamente para o Pinterest, Linkedin ou Facebook com o seu endereço junto. Enfim, use a tecnologia a seu favor

 No final dos meus posts você sempre pode compartilhar nas suas mídias sociais os conteúdos que achar interessantes,

No final dos meus posts você sempre pode compartilhar nas suas mídias sociais os conteúdos que achar interessantes,

8 | Não ter um bom conteúdo

De nada adianta ter botões de compartilhamento se seu conteúdo não interessa a ninguém.

Uma vez que você se transforme na Gabriela Pugliesi pode escrever sobre o dia que você levou seus cachorros para o veterinário que todos irão querer ler, mas enquanto você não se torna uma digital influencer, melhor escrever sobre temas que interessem a algum público ou sobre assuntos que possam ajudar alguém. 

Não perca seu tempo escrevendo sobre o seu dia no parque, isso pode interessar a sua família e amigos próximos, mas isso não irá fazer de você o próximo Hugo Gloss.


Pense se o assunto que você esta escrevendo pode ajudar ou interessar a alguém.


Podem ser dicas de viagem, por exemplo: 
O que levar na mala quando você for para as Maldivas? (peraí, isso não foi um bom exemplo, você só precisa levar bikine para lá)

Ou, durante uma viagem para o inverno em Moscou, o que pode ser feito?

Ou ainda, alugue um carro e visite uma cidade maravilhosa a meia hora de Paris que ninguém pode perder uma vez que esteja na cidade luz.

9 |  Não engane o seu leitor

Não tem nada que eu odeie mais do que aqueles posts promocionais do Facebook com títulos assim "fulano comprou o livro tal e veja o que aconteceu com seu negócio ". Você abre e acha que o cara ficou rico, prosperou mas quando lê o conteúdo não tem nada a ver com o título. Ou ainda "como ganhar dinheiro trabalhando 2 horas por dia sem fazer força", você abre e tem que comprar um kit escuso com dicas que no futuro irão trazer algum rendimento para você.

Fato é que, se você vai DAR alguma coisa para seu leitor e ANUNCIOU isso no título. Cumpra o que prometeu. Ou você corre o risco de ficar desacreditado junto ao seu mercado.

10 | Não seja perfeccionista

Não, você não leu errado. Perfeccionismo é um defeito, não uma qualidade.

Não vou lançar meu blog agora porque vou fazer fotos mês que vem na minha viagem e não posso começar o blog sem elas. Não vou lançar meu site agora porque só tenho dinheiro para fazer um blog de graça e quero fazer meu site com uma fulana que cobra 20K no projeto. Não vou escrever uma postagem hoje porque pode ser que eu tenha que sair de casa e não quero parar no meio.

Se identificou?

o-bom-eh-inimigo-do-otimo.png

O ideal é você produzir fotos? Por que não começa com fotos de bancos de imagem de graça?

O ideal é você contratar alguém para desenvolver um site? Por que não começa com um blog gratuito?

O ideal é ter um ecommerce com uma loja exclusiva sua? Por que não começa num site pessoal com um link para a sua loja do Etsy ou Elo7.

Enfim, tem tantas maneiras de começar HOJE aquele projeto que está parado porque falta alguma coisa para fazê-lo ficar ideal. O tempo não vai parar esperando você.

Se precisar de ajuda para sair do ponto morto e quiser conversar, entre em contato comigo.